Portela

Portela
Vamos comemorar que a campeã voltou! Portela!!! #PortelaCampeã
"O que é de verdade ninguém mais hoje liga: isso é coisa da antiga" - Ney Lopes e Wilson Moreira

Olá!!!Seja bem-vindo!!

Elsa (Frozen) ♥

quarta-feira, 21 de dezembro de 2011

Magnatas do Samba no Bom Sujeito (RJ)

Magnatas do Samba com Rildo Hora

Pra quem não conhece, Magnatas do Samba é um grupo de samba formado desde 1976 em Belo Horizonte, Minas Gerais. Recentemente, gravaram um CD independente produzido por ninguém menos que Rildo Hora. E nesse evento acontecido no dia 17 de dezembro (sábado), o cantor Léo Russo fez seu show na casa de samba Bom Sujeito da Barra (RJ), com a participação do grupo mineiro e , é claro, do meu maestro preferido na gaita. E agradeço também ao grupo pelo video e por ter cedido as (lindas) fotos.Como eu gostaria de ter estado lá, rs rs rs...




http://www.youtube.com/watch?v=ntkZCeKYXlM

Para conhecer mais trabalhos sobre Magnatas em estúdio no YouTube, clique aqui

 Kim Portela e Patrícia Hora, sempre linda


 Magnatas do Samba com a Patrícia Hora

 Magnatas do Samba com o Rildo Hora, Lusinete e Patrícia Hora

 Magnatas do Samba com o padrinho Rildo Hora

  Magnatas do Samba com o Rildo Hora e sua esposa Lusinete


terça-feira, 6 de dezembro de 2011

Rildo Hora - "Leonor" (1971)


Quase dez dias depois  de Rildo Hora soltar sua voz (clique aqui) no Fórum Harmônica Brasil 2011 em Fortaleza (foi só em uma música, mas pelo menos cantou, né? kkkk...), taí mais uma faixa do LP "A Vez e a Hora do Rildo Hora" (RCA Victor_ hoje Sony Music, 1971):  "Leonor", que abre o disco e é da autoria do próprio Rildo. Dizer mais alguma coisa sobre esse LP é chover no molhado. Maravilhoso!!!

\☺/

Mais informações sobre esse maravilhoso LP, clique aqui

"Leonor"
Escrita e interpretada por Rildo Hora
(P) 1971 RCA Victor, Radio Cororation of America (Sony Music Entertainment Brasil)



Video:  http://www.youtube.com/watch?v=U-Q6moLOo9U

quinta-feira, 1 de dezembro de 2011

E Rildo Hora cantou (parte 2)

Saudades de ver o grande músico Rildo Hora cantando? Eu também. Mais uma vez ele mostrou que  tem talento também como cantor (êêêê!!!) no dia 26 de novembro (sábado) no Fórum Harmônica Brasil 2011 (isso mesmo!), um evento realizado por gaitistas em Fortaleza (CE) . Rildo Hora encerra seu show cantando "Ovo de Codorna" (de Severino Ramos) logo depois de explicar como produziu o LP "São João Quente", de Luiz Gonzaga (RCA Camdem _ hoje Sony Music _ 1971) e diz que foi a primeira vez que ele termina um show de gaita cantando. Vamos aplaudir!

Clique aqui para ver a outra vez que ele cantou em um evento de gaitistas (se eu não me engano acho que foi o mesmo, porém no ano passado).




 Video:  http://youtu.be/k7tXue-I7sI



terça-feira, 22 de novembro de 2011

A Black Music feminina depois de Amy Winehouse

Quem seriam as discípulas da diva inglesa?


Amy Winehouse nos deixou no dia 23 de julho desse ano, mas a sua voz forte que remetia às cantoras do universo black e suas canções serão lembradas para sempre.
E a black music feminina depois da Amy Winehouse? O site Famosidades, poucos dias depois da morte de Amy, citou 4 cantoras que, por sinal, seriam as discípulas da intérprete de "Rehab", já que, todas elas têm uma coisa em comum: a influência e o timbre vocal, ambos lembrando divas da música negra americana. Do que eu senti falta mesmo foi da também inglesa Joss Stone (Joscelyn Eve Stoker, Dover, Inglaterra, 11 de Abril de 1987) .






ADELE 
Adele Laurie Blue Adkins (Enfield, Inglaterra, 5 de maio de 1988)




"A cantora e compositora britânica já foi nomeada "artista revelação" em 2008 pelos críticos da BBC e ganhou dois Grammy Awards (Artista Revelação e Melhor Vocal Pop Feminino). Seu reconhecimento mundial veio com o álbum 21, e sua canção "Rolling In The Deep" é tocada com fervor nos Estados Unidos e Reino Unido." (Famosidades)
Recentemente, Adele tornou-se a primeira artista europeia a superar a barreira do milhão de downloads no iTunes com o álbum “21”. A cantora teve problemas com a voz, mas se recuperou da cirurgia nas cordas vocais. A previsão é de que Adele só volte a cantar em 2012. Enquanto a gente espera, vamos curtir alguns dos hits dela: "Rolling in the Deep" e "Someone Like You" , ambos do seu último álbum, "21" (XL Recordings Ltd. / Columbia Records/ Sony Music Entertainment Group,janeiro de 2011) que foi gravado entre maio de 2009 e outubro de 2010, e "Chasing Pavements", do seu primeiro álbum "19", o hit cujo arranjo lembra a época da saudosa gravadora black Motown Records.


Adele - "Someone Like You"
(Adele Adkins / Dan Wilson)
(C) 2010 (P) 2011 XL Recordings Ltd. / Columbia Records/ Sony Music Entertainment Group



http://www.youtube.com/watch?v=hLQl3WQQoQ0&ob=av3e


Adele -  "Rolling In The Deep"
(Adele Adkins / Paul Epworth)
(C) 2010 (P) 2011 XL Recordings Ltd. / Columbia Records/ Sony Music Entertainment Group



http://youtu.be/rYEDA3JcQqw


Adele - "Chasing Pavements"
(Adele Adkins / Eg White)
(C) 2007 (P) 2008 XL Recordings Ltd. / Columbia Records/ Sony Music Entertainment Group



http://youtu.be/08DjMT-qR9g





DIONNE BROMFIELD
(Kent, Inglaterra, 1 de fevereiro de 1996)


 "A adolescente contou com a ajuda da própria Amy Winehouse para lançar um álbum, a estrela até gravou vocais para algumas faixas do CD. A última aparição em público de Amy foi justamente no show de Dionne, no dia 20 de julho, em Londres. Amy até declarou que a mocinha era melhor que ela mesma!" (MSN Famosidades)

 

Dionne Bromfield coma madrinha Amy Winehouse

"Seu primeiro álbum 'Introducing Dionne Bromfield' (Lioness Records, selo criado pela Amy Winehouse), cujas faixas são regravações de artistas do R&B, jazz e soul music, foi lançado em 12 de outubro de 2009. O primeiro single, "Mama Said", foi lançado no dia 2 de novembro de 2009" (Wikipédia). A música foi gravada originalmente pelo grupo afro-americano feminino The Shirelles em 1961. Isso sem falar que eu adorei o videoclipe fofinho da garotinha.


Dionne Bromfield - "Mama Said" (nos vocais: Amy Winehouse)

(Luther Dixon / Willie Denson)
(C) 1961 Scepter Records
(P) 2009 Lioness Records / Island Records / Universal Music Group



http://www.youtube.com/watch?v=umpV2oWoY34



JANELLE MONÁE
Janelle Monáe Robinson (Kansas, Estados Unidos, 1 de Dezembro de 1985)



Americana de voz possante, às vezes lembrando a outra diva afro-americana Beyoncé, Janelle Monáe é cantora, compositora e dançarina. Ela já esteve duas vezes no Brasil, em janeiro, abrindo os shows da Amy Winehouse, e em setembro, como uma das atrações no Rock In Rio.


Janelle Monáe - "Tightrope"
(Nathaniel Irvin III / Charles Joseph II / Antwan Patton / Janelle Monáe Robinson)
(P)2010 Wondaland Arts Society / Bad Boy Records / Warner Music Group

Obs.: A incorporação foi desativada mediante solicitação da Warner Music Group. Pra ver o video, clique no link abaixo:

http://www.youtube.com/watch?v=pwnefUaKCbc&ob=av2e


GABRIELLA CILMI
Gabriella Lucia Cilmi (Melbourne, Austrália, 10 de outubro de 1991)



Australiana e descendente de italianos, "sua voz já foi confundida com a de Amy Winehouse. Já venceu vários anos consecutivos o ARIA Award, evento de premiação de música australiana. Seu single de sucesso é "Sweet About Me", lançado em abril de 2008." (MSN Famosidades)
A música já foi usada nos comerciais das marcas Sure e Dove Bodywash na Europa e no comerical do Rexona Roll On no Brasil. O vocalista do grupo Oasis, Liam Gallagher, revelou que "Sweet About Me" foi a sua música preferida de 2008.

Gabriella Cilmi - "Sweet About Me"
(Miranda Cooper / Brian Higgins / Tim Larcombe / Tim Powell / Nick Coler / Gabriella Cilmi)
(P) 2008 Island Records / Universal Music Group




http://www.youtube.com/watch?v=qvuyYj5ROmk&ob=av2e







quinta-feira, 10 de novembro de 2011

Um luxo!

Da série "Músicas que gostaríamos de ouvir".
Ilustração: Amarildo Charges ( http://amarildocharge.wordpress.com/ilustracao/ )


Quem gosta de MPB, especialmente de bossa nova, também pode curtir o hit do verão de 2010/11. Que tal ouvir "Minha Mulher Não Deixa, Não" do Reginaldo Alves da Silva, o Reginho, em ritmo de bossa nova instrumental? Os músicos conseguiram transformar o diálogo ritmado da letra da música original em uma melodia bossanovista, executada pelo solo de violão. Pelo menos nessa versão é melhor, não é?


CURIOSIDADE:

O Hit mais visto no YouTube "Minha Mulher Não Deixa Não" foi acusado de plágio da música "Minha Mãe Não Deixa, Não" pela Turma do Zé do Alegria. A música original foi gravada e registrada em 2006 pela Fundação Biblioteca Nacional em Recife. A Turma do Zé do Alegria é um grupo de bonecos de fantoche gospel que cantam músicas pra evangelizar o público infantil.


"Minha Mulher não deixa não" (Versão Bossa Nova Instrumental)
Música escrita por Reginho
Júnior & Banda Canibal
Execução e arranjo: Ticiano D´Amore





http://www.youtube.com/watch?v=YiPMK6e6bT0


Ah, e que tal a letra pra tentar cantar junto?O solo de violão te ajuda!


Ei! Tu quer beber? Não quero, não.
Não quer por quê? Por nada não.
Tu quer fumar? Han, han.
Não quer por quê?

Vou não, quero não, posso não,
Minha mulher não deixa, não.
Não vou não, quero não.

Ei! No meu Fusquinha, vamos sair?
No Bar Central, DJ Sandro toca lá.
E aí?
Lá em Marly, tem cabeça de galo! Venha!

Vou não, quero não, posso não
Minha mulher não deixa, não
Não vou não, quero não

Ei! Vem duas nega!
E aí? Vamo arrastar?
No Xanadu a gente bota o bicho lá!
Quem és tu? És boiolão?
Tu vai ou não?

Vou não, quero não, posso não
Minha mulher não deixa, não
Não vou não, quero não

domingo, 30 de outubro de 2011

Feliz Aniversário, Patrícia Hora


Hoje é aniversário da cantora Patrícia Hora, filha linda do Rildo Hora. Dia 30 de outubro é uma data comemorativa para a Paty desde 1971 ( http://www.dicionariompb.com.br/patricia-hora ) , e nesse dia tão especial quero te desejar tudo de bom, muita paz, saúde, amor e sucesso. Que sua estrela brilhe cada vez mais e muita paz a você!!! Te adoro da mesma maneira que adoro seu pai.



Patrtícia Hora na Rádio Nacional do Rio de Janeiro, ao lado da foto de seu padrinho, o Rei do Baião Luiz Gonzaga (foto: Rádio Viva o Samba)

Roubaram minha coleção do Roberto Carlos!



Quando eu fui fazer uma limpa no meu baú de vime que está na área de serviço (o baú tava no meu quarto, mas eu o levei pra lá quando houve enchente aqui na região) que fica nos fundos da minha casa,algumas coisas me fizeram falta naquele baú:duas pastas-catálogos com reportagens, fotos e produtos do rei Roberto Carlos, meu ídolo desde os meus 13 anos de idade. Coisas que eu vinha colecionando durante a minha adolescência. Queria tirá-los daquele baú onde guardava e trazê-los de volta ao meu quarto. Procurei por toda a área. Não achei. Não estavam mais em lugar algum naquela área e nem no meu quarto. ALGUÉM ROUBOU A MINHA BENDITA COLEÇÃO DO REI ROBERTO CARLOS.
Quem foi? O que esse ladrão faria com meu material do Roberto Carlos? Por que ele roubaria algo que todo mundo considera uma besteirinha? Isso é revoltante. Um cara roubar algo considerado sem importância pro mundo inteiro. Um doido que rouba coisas do Roberto Carlos não parece gostar dele, e sim, de Racionais MC's e de funk e pagode de conteúdo pornográfico.
Imagine se fosse um idiota que rouba pra trocar por drogas. Quando entregasse ao traficante em troca por essa porra que só fode com a vida dele (desculpe a educação, mas drogas são pra xingar, mesmo), este diria algo do tipo:"que porcaria é essa? Eu esperava notebook, TV de led, iPad, microsystem... e você me traz isso aí, ainda mais de cantor que tá mais pra panetone que só aparece no final do ano? O que vou fazer com isso, rapaz? Tá me achando com cara de babaca? Quer levar eco [levar tiro]?".
O que eu tinha do meu ídolo são coisas mais difíceis de encontrar. Eu tinha comprovante de ingresso de shows do Rei em Balneário Camboriú em 1999 e em Blumenau em 2007, reportagens antigas do Rei da extinta revista Manchete, pétalas secas de rosas que ele tinha jogado no encerramento dos shows, fotos (fotos, mesmo!) e faixas do Roberto Carlos que eu tinha comprado dos vendedores ambulantes durante a espera dos shows, cópia de certidão de nascimento dele impresso do computador... não, eu não tô exagerando, eu tinha, mesmo! Roubar uma coisa "inútil" só pode ser comédia, mesmo. Ironia. Absurdo. Ou sei lá que palavra definir isso.
Daquele baú só restaram reportagens do Roberto Carlos em revistas publicadas a partir do ano de 2001. E agora vai ser bastante impossível de eu ir ao show dele, não porque eu não queira, e sim, porque não posso devido ao meu emprego, já que, no mesmo dia e na mesma hora em que o Rei se apresentaria em qualquer lugar daqui da região de Santa Catarina, eu estaria trabalhando. A partir daí, eu ir ao show do Rei vai ser mais impossível do que me ver cantando com Zeca Pagodinho e com Rildo Hora no "Quintal do Zeca". A minha sorte é que a minha camiseta do Rei, meus posters do Rei que consegui em uma loja de CD's, meus CD's, DVD's e discos de vinil do Rei não foram roubados. Menos mal.
Se você, o responsável pelo roubo, gosta de Roberto Carlos, tudo bem, te parabenizo pelo bom ótimo gosto, e se quiser colecionar coisas dele, FAÇA-O COM SEU DINHEIRO, mas não venha a MINHA casa, invadir a MINHA área de serviço pra roubar a MINHA coleção do rei Roberto. E muito menos de NENHUM fã, seja qual for o ídolo. Roubar é pecado, mesmo se um objeto for inútil.

Bom, paciência. E devolva minhas fotos do Roberto Carlos!



sexta-feira, 28 de outubro de 2011

Rildo Hora na Festa Nacional da Música 2011

Eu já tinha postado no blog a homenagem que Rildo Hora recebeu na Festa Nacional da Música 2011 na cidade de Canela, Rio Grande do Sul (clique aqui). E o profile ofical da festa liberou no YouTube dois videos da apresentação do músico de quem sou fã na FNM.

Rildo Hora toca "A Vida do Viajante" (de Luiz Gonzaga e Hervê Cordovil)
Lembrando que, no ano que vem, será o centenário de Luiz Gonzaga, de quem Rildo foi produtor.




http://www.youtube.com/watch?v=xUq_hwkgqsc


Rildo Hora toca "O Ovo" (de Hermeto Pascoal)



http://www.youtube.com/watch?v=CEvk2Q9HLb8

domingo, 23 de outubro de 2011

sexta-feira, 21 de outubro de 2011

Homenagem a Rildo Hora na Festa Nacional da Música 2011

Na noite do dia 17 de outubro (segunda-feira), (o meu favorito) Rildo Hora foi homenageado na Festa Nacional da Música de Canela, Rio Grande do Sul (aqui "pertinho". Ou melhor, nem tão perto assim). Rildo fez um discurso emocionante sobre sua vida e bem humorado sobre seu irmão gêmeo que tanto fala (conhecem?). Palmas pra ele, pois ele merece!

\☺/\☺/\☺/




 http://www.youtube.com/watch?v=-0m2IPiBH-w

A Cantora Jeane Arrasa!

 
Vem no suingue!


A Jeane arrasa, mesmo! Descobri através do site dos catarinenses do Galo Frito. Dá-lhe, minha xará "amostrada" !!!!

Jeane Do Brega - É Tão Fácil Chorar

Apesar do nome da música, a letra não fala de dor de cotovelo, e sim de problema de ser chamada de gordinha. "Qual alimento que sustenta por detrás do paladar? O peixe tem espinha, mas não quero me espinhar... todo alimento não sustenta a nossa voz". Repare que a amiga falsa do início do video usa uma blusa e, na hora da música, a ane usa essa mesma blusa. Como assim?



http://www.youtube.com/watch?v=oF40QY3lBeo


Jeane Do Brega - Dentista Sem Sentimento 

Paródia de "Não Durmo Sem Ela" (autoria de Jairo Góes), sucesso da dupla Leandro & Leonardo.




http://www.youtube.com/watch?v=4CkGwQnLON4


Jeane do Brega na Eliana!

Pois é! A minha xará alagoana de 22 anos, depois de alcançar 200 mil acessos no YouTube, apareceu no quadro "Famosos da Internet" no programa da Eliana, apresentado no dia 26 de setembro pelo cantor Latino devido ao período de gestação da apresentadora. Jeane do Brega estava aparentemente emocionada, porque segundo ela, muitos não acreditavam que ela iria chegar à TV. Enfim, como diz aquele antigo programa da Eliana, "Tudo É Possível". É isso aí, Jê!



http://www.youtube.com/watch?v=6OWYlAp50Kc

Ladrão na Casa do João



http://youtu.be/uf2z0ESBO1s

Personagem de Felipe Neto não só assume ter roubado o pão na casa do João, mas também na brincadeira prova que rouba a atenção. Do Canal Parafernalha. ( http://www.parafernalha.com.br/ ). Nem fez dois dias que o video foi enviado que o número de visualizações passou de 226 mil. Parabéns ao Felipe Neto e equipe.

sábado, 8 de outubro de 2011

Gravação: Zeca, Arlindo Cruz e Sombrinha

Foto:Site Oficial Zeca Pagodinho


Saiu no dia 5 de outubro o video oficial da gravação do Zeca Pagodinho com a participação de Arlindo Cruz e Sombrinha que, pelo visto, já fizeram as pazes depois de muito tempo sem trabalhar juntos. O video foi destaque no Youtube do dia 8 de outubro (sábado). A música, "Griselda" é o tema para a personagem homônima da atriz Lília Cabral para a novela "Fina Estampa". Zeca Pagodinho e Arlindo Cruz tem outra música da autoria deles na novela, "Flor Morena", cantada por Aline Calixto (clique aqui). O video conta com a participação do Misael da Hora no piano, Patrícia _ linda _ Hora no coro e do papai de ambos, (o mais elogiado daqui do blog) Rildo Hora, na direção musical.






http://www.youtube.com/watch?v=FvljOOHqZas




sábado, 1 de outubro de 2011

Sambas de Enredo 1988


Esse LP lembra muito meus tempos de infância. Meu pai tinha em fita cassete  e mamãe na época estava grávida do meu único irmão. Bons tempos de sambas-enredo aqueles, hein? Desfiles pela Rede Globo e pela extinta TV Manchete. O enredo mais bonito de todos, é claro, é a da escola-campeã da época, Vila Isabel - "Kizomba, Festa da Raça". Algumas escolas, como a Vila Isabel, aproveitavam o centenário da abolição da escravatura para fazer o enredo sobre o assunto. Um ótimo LP pra quem sente falta dos desfiles das escolas de samba com muita criatividade nas letras e melodias de samba-enredo. A Unidos do Cabuçu, que no ano anterior, fez um enredo sobre o rei Roberto Carlos, homenageia os Trapalhões e o refrão até hoje é lembrado (♫"Didi, Dedé, Mussum e Zacarias/ Seu mundo é de encanto e magia"♫), Unidos da Ponte sobre a vida do ator Paulo Gracindo e União da Ilha do Governador sobre Ary Barroso. E o portelense João Nogueira puxou o samba-enredo, da autoria dele e de Paulo Cesar Pinheiro, da criada pela sua escola, a Tradição. O disco também tem duas faixas de improviso de bateria das escolas, com cuíca executando melodias de músicas famosas.




Sambas de Enredo 1988 (LP duplo)
(P) 1987 RCA Victor, Radio Corporation of America [hoje Sony Music Entertainment (Brasil)]
Obs.: este blog só contem amostra de ficha técnica do LP citado. Pra ouvi-lo na íntegra, acesse:
http://www.sambaderaiz.net/sambas-de-enredo-1988-grupo-1-a/


DISCO 1

01 - Unidos da Tijuca
Enredo: Templo do Absurdo – Bar Brasil
(Beto do Pandeiro, Carlos do Pagode, Ivar Silva, Monteiro, Nêgo e Vaguinho)
Intérprete: Nêgo

02 - Mocidade Independente de Padre Miguel
Enredo: Beijim, Beijim, bye, bye Brasil
(Edu Ferreira, João das Rosas e Munhos)
Intérprete: Ney Vianna

03 - União da Ilha do Governador
Enredo: Aquarilha do Brasil
(Márcio André e Robertinho Devagar)
Intérprete: Quinho

04 - Imperatriz Leopoldinense
Enredo: Conta outra que essa foi boa
(David Correa, Guga e Zé Catimba)
Intérprete: Alexandre d`Mendes

05 - Bateria das Escolas
Música Incidental: "Asa Branca" (Luiz Gonzaga e Humberto Teixeira)

06 - São Clemente
Enredo: Quem Avisa Amigo é
(Chocolate, Helinho 107 e Izaías de Paula)
Intérprete: Izaías de Paula

07 - Estácio de Sá
Enredo: O boi dá Bode
(Caruso e Djalma Branco)
Intérprete: Dominguinhos do Estácio

08 - Acadêmicos do Salgueiro
Enredo: Em Busca do Ouro
(Alaor Macedo, Arizão, Bu, Gilberto Tobias, Jorginho da Cadeira e Rolando Medeiros)
Intérprete: Rhicharhs

09 - Portela
Enredo: Lenda Carioca, os Sonhos do Vice-Rei
(Carlinhos Madureira, Isaac, Luizinho, Mauro Silva e Neném)
Intérprete: Dedé da Portela

DISCO 2

01 - Tradição
Enredo: O Melhor da Raça, o Melhor do Carnaval
(João Nogueira e Paulo César Pinheiro) — intérprete: João Nogueira

02 - Caprichosos de Pilares
Enredo: Luz, Câmera, Ação
(Grajaú, Jacó, Madeira, Milton de Luna, Zeca do Lins e Zé Maria D’angola) — intérprete: Carlinhos de Pilares

03 - Beija-Flor de Nilópolis
Enredo: Sou Negro, do Egito à Liberdade
(Aloísio Santos, Cláudio Inspiração, Ivancué e Marcelo Guimarães)
Intérprete: Neguinho da Beija-Flor

04 - Unidos do Cabuçu
Enredo: O Mundo Mágico dos Trapalhões
(Adalto Magalha, Adilson Gavião e Sérgio Magnata)
Intérprete: J.Leão

 05 - Bateria das Escolas
Música Incidental: "Atirei o Pau no Gato" (Domínio Público)

06 - Unidos da Ponte
Enredo: O Bem-Amado Paulo Gracindo
(Ambrósio, Branco e Mazinho)
Intérprete: Grillo

07 - Unidos de Vila Isabel (ESCOLA CAMPEÃ)
Enredo: Kizomba, Festa da Raça
(Jonas Rodrigues, Luiz Carlos da Vila e Rodolpho de Souza)
Intérprete: Gera

08 - Império Serrano
Enredo: Pára com isso, dá cá o que é meu
(Jarbas da Cuíca, Lula e Luiz Carlos do Cavaco)
Intérprete: Quinzinho

09 - Estação Primeira de Mangueira
Enredo: Cem Anos de Liberdade, Realidade ou Ilusão
(Alvinho, Hélio Turco e Jurandir)
Intérprete: Jamelão

sexta-feira, 30 de setembro de 2011

A Flor Morena Aline Calixto



Hoje em dia, pouquíssimas cantoras talentosíssimas de samba têm sorte de serem contratadas em grandes gravadoras. E  Aline Calixto (Rio de Janeiro, 29 de dezembro de 1980) é uma dessas poucas e merece, porque tem muito talento de sobra, tem uma linda voz e uma ótima aposta para o primeiro time da MPB. "Aline é uma grande cantora. Faz o samba com cadência!", exalta Monarco , da Velha Guarda da Portela. E o pontapé inicial para o sucesso está na lindíssima "Flor Morena" que, além de fazer parte da trilha de novela, é assinada por dois grandes bambas de peso, Zeca Pagodinho e Arlindo Cruz (com a adesão de Jr. Dom). A faixa que dá nome ao disco é arranjada por Gilson Peranzzetta (Gilson José de Azeredo Peranzzetta, Rio de Janeiro, 21 de abril de 1946). É um samba  agradabilíssimo, com arranjo no estilo rildohoriano o qual não paro de ouvir e postar nas minhas contas de redes sociais. "Flor Morena" é delicadinha, faz um bem aos ouvidos... Ouçam.



Flor Morena
escrita por Zeca Pagodinho, Arlindo Cruz e  Jr. Dom
Intérprete: Aline Calixto

Flor morena que manda no meu coração
Flor morena, me tira dessa solidão
Flor morena que mora no meu jardim
Flor morena, vê se tem pena de mim (bis)

Mais um dia sem te ver sorrir
Vai me fazer enlouquecer
Porque já não sei pra onde ir
Se eu não for com você

Flor morena não é rosa, não
Açucena ou margarida
Com certeza e a mais formosa flor
Que brotou em minha vida

Flor morena que manda no meu coração
Flor morena, me tira dessa solidão
Flor morena que mora no meu jardim
Flor morena, vê se tem pena de mim (bis)

E na espera até ficar de bem
Despetalar minha paixão
Primavera vi murchar também
Nem sequer um botão

Flor morena não é flor de lis
É perfeita, sem espinhos
Feita pra enfeitar, deixar feliz
Minha estrada, meu caminho

Flor morena que manda no meu coração
Flor morena, me tira dessa solidão
Flor morena que mora no meu jardim
Flor morena, vê se tem pena de mim (bis)

(P) 2011 Warner Music Brasil



sábado, 24 de setembro de 2011

Muito Boa!!!


Me divirto muito coma letra da música "É Preciso Muito Amor", de Noca da Portela e Tião de Miracema. Às vezes a mulher da letra me lembra muito a personagem Veruca Salt, a mais enjoadinha do filme "A Fantástica Fábrica de Chocolate". O video é do DVD "Samba Social Clube" (EMI Music, 2008) e a música é cantada pelo Zeca Pagodinho. Destaque também para a Patrícia _ linda _ Hora  como uma das integrantes do coro.

"É Preciso Muito Amor"
Escrita por Noca da Portela e Tião de Miracema
Intérprete: Zeca Pagodinho (gentilmente cedido pela Universal Music)


segunda-feira, 19 de setembro de 2011

Emocionate!!!!


Rildo Hora tocando "Autonomia" do mestre Cartola junto com o pessoal da OSRJ (Orquestra de Solistas do Rio de Janeiro ) no ensaio do show "Tributo a Cartola" em 2008 é muuuito lindo! Preciso dizer mais?




http://www.youtube.com/watch?v=1URI1ljUhfc

domingo, 18 de setembro de 2011

Gravação inédita de Amy Winehouse




Essa eu nunca mais parei de ouvir!

Amy cantando "Body and Soul" com Mr. Bennett: absurdamente lindo. alma pura. só coração. Amy deve estar bem lá com a Billie [Holiday], Ella [Fitzgerald], Nina [Simone]...
Ana Cañas, cantora MPBista, no Twitter.

Um presente à todos nós de bom gosto. Um momento mágico da música. Tony Bennett em gravar com Amy Winehouse para seu novo álbum de duetos
Luis Nassif, do blog "Luis Nassif Online")


No dia em que faria 28 anos se estivesse viva (14/09), foi divulgado o video da gravação inédita da cantora Amy Winehouse em dueto com o jazzsinger Tony Bennett (Anthony Dominick Benedetto, Queens, Nova Iorque, 3 de agosto de 1926) para o CD comemorativo dos 85 anos do cantor, "Duets II" (Sony Music Entertainment, 2011) ": é o clássico de 1930 "Body and Soul" que já foi gravado por Ella Fitzgerald, Annette Hanshaw, Billie Holiday,Frank Sinatra, Diana Krall e Caetano Veloso. E quanto à performance encantadora da Amy Winehouse nessa música, lembra bastante a da também problemática Billie Holiday, morta em julho de 1959 aos 44 anos por overdose de drogas.

"Duets II" reúne clássicos, agora interpretados em duetos com Amy , Michael Bublé, Aretha Franklyn, Norah Jones, Mariah Carey, Andrea Bocelli, Alejandro Sanz e até Lady Gaga, esta na música "The Lady is The Tramp", clássico imortalizado nas vozes de Frank Sinatra e Ella Fitzgerald na década de 1950. 






Capa do single "Body and Soul"




http://www.youtube.com/embed/_OFMkCeP6ok



Body And Soul
Música de Johnny Green
Letra de Edward Heyman, Robert Sour e Frank Eyton
Intérpretes:Tony Bennett e Amy Winehouse*

My heart is sad and lonely
For you I sigh, for you dear only
Why haven't you seen it?
I'm all for you body and soul

I spend my days in longing
And wondering why
It's me you're wronging
I tell you I mean it
I'm all for you body and soul

I can't believe it
It's hard to conceive it
That you'd turn away romance

Are you pretending?
It looks like the ending
Unless I could have one more chance to prove
Dear

My life's a wreck you're making
You know that I'm yours for just the taking
I'd gladly surrender my soul to you body and soul


(P) 2011 Sony Music Entertainment, Inc.
(*Amy Winehouse, gentilmente cedida pela Island Records (UK)/ Universal Music Group )


sábado, 17 de setembro de 2011

Enchente - setembro de 2011


Parte de trás da minha casa




 Meu quarto, com piso coberto de barro (acima) e depois de limpo (abaixo)


As cômodas do meu quarto, cobertas de barro.



Quase três anos depois, nós, catarinenses sofremos outra enchente. Na quinta-feira, a coisa agravou em Rio do Sul, Blumenau e Brusque devido às fortes chuvas ocorridas desde terça-feira (6/09/2011) e aqui em Itajaí, foi a última cidade a pegar enchente, à noite, inicialmente, em alguns bairros. Aqui em casa, comparando com a enchente de 2008, foi razoável: pegou 50 centímetros (na última vez, foi pouco mais de 1 metro) e eu e minha família nos alojamos na parte de cima da área de serviço. E quanto à nossa alimentação, apesar de que meu pai teria levado o fogareiro ao local do alojamento, não dava prazer nenhum de cozinhar, nem de fazer um almoço normal, só ferver água pra fazer café, afinal, com essa tragédia toda, além de a comida estar na geladeira que ficou em cima da mesa da cozinha e, mesmo que tivéssemos astral pra cozinhar, não tínhamos como conservar a comida. Já alertados da tragédia, compramos dois pacotes de pão de forma, leite, cereal matinal, pipoca de pacotinhos e biscoitos. Meu irmão comprou mais coisas, como, cuca de queijo,pacotes de amendoim Opa! da Elma Chips (esse viciou tanto que agora tô com a cara cheia de espinhas, kkkk. Também, quem resistiria aquela casca que lembra a versão mais saborosa de rosca de povilho?...), bisnaguinhas, chocolate meio amargo... nossas refeições eram praticamente à base de porcarias alimentares,rs rs rs. Uma emissora local dava ao vivo tanto pela TV quanto pela rádio, a cobertura 24 horas por dia de tragédia (haja resistência para os apresentadores). Na noite de sexta-feira, às 22:00, a energia elétrica teve de ser desligada, então, quem tinha rádio de pilha ou celular, acompanhava as notícias dessa emissora. A luz elétrica só voltou na manhã de domingo, às 7:00, quando a poeira, ou melhor, a água baixou. Passamos o domingo inteiro tirando toda a lama de dentro de casa. O que me animou nesse domingo lamacento foi eu ter falado com a minha amiga Maria Luiza lá do Rio de Janeiro, esposa do cantor Ataulpho Jr., pelo telefone. Até hoje agradeço-a pela atenção e pelo carinho.


terça-feira, 9 de agosto de 2011

Assopra e Apaga


Fui ao site do humorístico Kibeloco e me dei de cara com esse hit de carnaval baiano de qualidade precária. "Como assim, 'tá com calor, assopra'? "
Agora o que me chamou atenção e me deu vontade de rir mesmo, foi o arranjo miserável da música "Se Tá Calor, Assopra": imagino que os caras estavam sem grana o suficiente pra pagar o grupo de percussão pra dar mais peso na música (deve ser por isso que assopram quando tá calor, não tem nem pra comprar ventilador). Aí, o que é que se ouve: bateria, um bumbo (aquele que é um tipo de tambor cilíndrico que fica na parte de baixo da bateria e que o músico o executa com pedal) pra marcar o ritmo, baixo elétrico e guitarra com o efeito idiomático wah-wha (o violão acústico só faz figura no video, ouve bem a música). Resultado: uma música de qualidade crua e sonoridade barata. Isso sem falar no cantor (um misto físico de Thiaguinho do Exaltasamba com o ex dançarino do É o Tchan Jacaré. E que negão lindo...) , que tem momentos que ele atropela o ritmo da música.

P.S.:coitada da baiana do acarajé do video... Esse video me lembra às vezes o da Rebecca Black! Repare na mocinha desanimada de regata listrada que fica parada o tempo todo.

P.S.:eu não tenho nada que reclamar, pois os videos que posto comigo cantando também são precaríssimos, rs rs rs




http://www.youtube.com/watch?v=jJ0xoJT3eLo&feature=player_embedded


"Se Tá Calor Assopra"
(não sei o nome do cantor, da banda e do compositor)

Vou jogar uma tinta no meu corpo
Me colorir pintar e bordar
Verão é alegria e
Eu já to na Bahia

Liga pra avenida
Chama dona Ondina
Diz que Campo Grande
Ta na Barra a esperar

O encontro foi marcado
Estou na concentração
Peguei um atalho
Pro seu coração

O encontro tá marcado
Estou na concentração
Peguei um atalho
Pro seu coração

Tá com calor assopra
Tá com calor assopra
Tá com calor assopra
Assopra, assopra

Se tá com frio eu cubro
Se tá com frio eu cubro
Se tá com frio eu cubro
Cubro, cubro

Se tá com fogo água
Se tá com fogo água
Se tá com fogo água
Água, água

Tá com calor assopra
Tá com calor assopra
Tá com calor assopra
Assopra, assopra

Eu não sei de onde vem essa vontade
De beijar...
Gelo derrete todo
Quando toca a boca







sábado, 23 de julho de 2011

Amy Winehouse (1983-2011)



Amy Winehouse:cantora conhecida pela polêmica e pela sua voz e visual marcantes agora virou mito da música mundial.



Internautas e fãs do mundo inteiro entram em choque:morreu a cantora inglesa Amy Jade Winehouse (Londres, 14 de setembro de 1983 - Londres, 23 de julho de 2011). Pra mim, foi o maior choque desde a morte dos Mamonas Assassinas. Amy foi encontrada morta em sua casa, em Camden, Londres, no dia 23 de julho de 2011, às 16 horas (horário de Londres), aos 27 anos ,coincidentemente a mesma idade que os também problemáticos Kurt Cobain, vocalista do Nirvana, Jim Morrison, do grupo The Doors, Janis Joplin e Jimi Hendrix . A informação teria sido divulgada pelo jornal The Daily Mirror e confirmada pela polícia inglesa. A cantora se apresentou em turnê pelo Brasil em janeiro deste ano, com shows em Florianópolis (aqui em Santa Catarina), Rio de Janeiro, Recife e São Paulo.
Amy Winehouse cresceu com a família que amava o jazz. Precoce, aos dez anos, montou um grupo de rap, ganhou sua primeira guitarra elétrica aos 13 e aos 16 anos já cantava profissionalmente. Sua voz era comparada com as divas da black music americana, uma das suas influências. Em 2003, gravou seu primeiro CD, "Frank" (Island Records/ Universal Music UK). Na época, foi lançado apenas no Reino Unido, mas só se espalhou ao mundo inteiro em 2008, no auge de sua carreira. Nesse mesmo ano, no Brasil, "Frank"vendeu 60 mil cópias, ganhando o disco de ouro, segundo o Wikipédia . O título é uma referência ao cantor Frank Sinatra.
Com "Back to Black", de 2008, CD bastante influenciado na black music da década de 60, Amy ganhou 5 Grammy's: Canção do Ano, Gravação do Ano, Artista Revelação, Melhor Álbum Vocal Pop e Melhor Performance Vocal Pop Feminina. Amy foi a primeira artista inglesa a ganhar mais Grammy's.Nesse álbum, Amy é acompanhada pela banda The Dap-Kings, conhecida por ter uma sonoridade similar a da décadas de 60 e 70 (inclusive foi o que mais chamou a minha atenção).
Como compositora, Amy Winehouse dividia com o público os seus dramas pessoais. Falava sobre seu sofrimento com o casamento com o músico Blake Fielder-Civil,seu problema com as drogas e com o álcool e a rejeição ao tratamento pra se livrar deles.

Our tears dry on their own.R.I.P., Amy, we will miss you.God bless your pretty voice.




A pequena Amy.


Amy adolescente e colegial


Amy Winehouse, no início de carreira.



















sexta-feira, 22 de julho de 2011

Rildo Hora e Misael da Hora no Instrumental SESC Brasil





O show do Rildo Hora e seu filho Misael da Hora que aconteceu no Instrumental SESC Brasil no dia 4 de julho deste ano já tem bis: no YouTube, postado pelo canal da própria SESC São Paulo. ( http://www.youtube.com/user/portalsescsp ). São Paulo é longe, mas eu acompanhei o show ao vivo pela internet. Acho que não foi arquivado, mas, logo depois do show, houve um video chat com a dupla, também ao vivo pela internet, na qual os internautas mandam perguntas para os artistas. Foi nessa hora em que eu e Marisa Santana, uma amiga minha do Facebook, tivemos a sorte de termos nossos nomes mencionados ao mandar um beijo pra dupla, de quem a gente é fã, além de sermos lembradas pelo próprio Rildo, tudinho ao vivo: "Rildo Hora, a Jane (isso mesmo, Jane!) Martins de Itajaí, SC, e a Marisa Santana mandaram um beijo pra você!"

*Pra começar, Rildo Hora e Misael da Hora tocando "Alfa e Ômega", de Rildo Hora e Affonso Romano de Sant'anna.




*Música "Coé Coé"(dedicada ao filho Ziraldo Hora), de Rildo Hora , do LP "O Tocador de Realejo" (RCA Victor, hoje Sony Music, 1987)



*"Espraiado", de Rildo Hora e Sérgio Cabral



*"Visgo de Jaca" (acertei o nome, por uma letrinha!!!!), de Rildo Hora e Sérgio Cabral



*A partir daí, o palco é do filho Misael da Hora. Ele toca "Jardim Botânico", da autoria dele mesmo.




*Misael apresenta mais uma música de sua autoria que, por sinal, foi muito elogiado pelos internautas que acompanharam o show ao vivo:o baião "Astral da Terra"



*Rildo Hora e Misael da Hora com "Eu sei que vou te amar" (Tom Jobim e Vinícius de Moraes)




*"Carinhoso" (música de Pixinguinha e letra de João de Barro)




*Agora é com o Rildo!Aqui ele dá a sua breve palestra sobre a sua gaita querida...



*Em homenagem a São Paulo, "Sampa", de Caetano Veloso.




*"Doce de Côco", do Jacob do Bandolim, adoro essa música!!



* "O Ovo" (Hermeto Pascoal)

Globo X Record. Desde sempre.

Esse reclame do Jornal O Estado de São Paulo prova que a guerra entre a Record e a Globo existe desde os tempos mais remotos. Só que, em 1974, a Record resolveu ameaçar a Globo com armas (!) e, hoje em dia, com a briga contínua _e sem armas, talvez devido à lei que proibe a posse delas_, o reclame chega a ser cômico.



Nos anos 70 a Record decidiu pegar em armas para brigar com a Globo pela audiência. O anúncio veio dia 1 de agosto de 1974: “Mãos ao alto! A Record tem uma nova arma contra as novelas”. O texto ao lado do sujeito armado com a espingarda de cano duplo dizia: “Para salvar a população das lágrimas e das pieguices que os Rodolfos repetem todos os dias para as Margaridas e vice-versa, a Record dá tiros, socos e pontapés. Se você é daqueles que também não aguentam mais essas emoções, todos os dias às oito da noite tem bang-bang na Record. Você vai se divertir sem lágrimas, coisa que anda difícil de se conseguir ultimamente”.

Texto e foto:Blog "Reclames do Estadão" ( http://blogs.estadao.com.br/reclames-do-estadao/2010/08/07/record-pega-em-armas-contra-a-globo/ )

sábado, 2 de julho de 2011

Rildo Hora - "Batida Diferente" (1965)





Essa é mais uma raridade do músico que adimiro muito que foi postado ao YouTube. É a música "Batida Diferente" do raríssimo LP "Samba Made In Brazil - Rildo Hora e o Clube dos 7" (Copacabana Discos, 1965). Neste LP, além de músicas de sua autoria como "Esse nosso jeito" (c/ Gracindo Júnior) e "Hora's blue", interpretou "Ilusão à toa", de Johnny Alf e "Amanhecendo", de Roberto Menescal e Luiz Fernando Freire. O LP está à venda no Mercado Livre por (olha que absurdo) R$ 95,00 (QUÊÊÊ???).







LP "Samba Made In Brazil - Rildo Hora e o Clube dos 7" (Copacabana Discos, 1965)

segunda-feira, 27 de junho de 2011

Rildo Hora na Rádio Nacional (30/03/2011)


Essa passou no programa Adelzon Alves ("O Amigo da Madrugada") no dia 30 de março desse ano, na Rádio Nacional AM do Rio de Janeiro, e só vazou a partir do dia 26 de junho no YouTube (pelo pessoal da Rádio Viva o Samba, que também transmite o programa). A Dobradinha Rádio Viva o Samba & Rádio Nacional acontece todas as madrugadas de quarta para quinta-feira a meia-noite, e vai até às 3 horas, e foi por isso que, infelizmente, perdi, era muito tarde. Mas graças à Rádio Viva o Samba que tinha acabado de abrir sua conta no YouTube (http://www.youtube.com/user/radiovivaosamba ), vi o pedacinho do programa que perdi: com a participação de Rildo Hora, a filha Patrícia Hora [que não cantou nesse video. Poxa, deviam ter gravado alguma coisa com ela também... =,( ] e o Caçula do Violão, que já tinha gravado com Rildo em um LP de João Bosco, "Galos de Briga" (RCA Victor - hoje Sony Music, 1976). E neste video de 10 minutos, Rildo e Caçula tocam "As Rosa Não Falam" de Cartola e "Feitio de Oração",de Noel Rosa e Vadico.




http://www.youtube.com/watch?v=0uA0VTqW-9s

Pra ouvir a Rádio Viva o Samba, acessem:

http://www.radiovivaosamba.com/

Rádio Nacional Rio de Janeiro (AM 1130)

http://www.ebc.com.br/canais-ebc/radios/

quinta-feira, 23 de junho de 2011

Por favor, não queime os vinis!


Eu, como fã de vinil, me deparei com essa reportagem meio triste na Revista Cultural Cultuar (edição 3 / Itajaí, Santa Catarina, maio de 2011)
durante a espera no conservatório:"Acervo de 4 mil vinis da Rádio Difusora AM de Itajaí à venda. SE NÃO HOUVER UM COMPRADOR, OS LP'S SERÃO INCENDIADOS.". Faz isso, não, Célio! (quem não consegue ver, o LP que está na mão dele na foto é o da cantora Rosemary.)

Tudo bem que o objetivo é desocupar a sala cheia de LP's, mas jogar toda a memória preciosa ao fogo?Leve os pra CasAberta (sebo de Itajaí) ou pra qualquer lugar que os preserve, menos ao incêndio, por favor! Se eu pudesse, eu levaria daí discos de: Martinho da Vila, Roberto Carlos, Maysa, Luiz Gonzaga, Chico Buarque, Rildo Hora... ops, Rildo Hora vai ser difícilímo de ter aí, mas ainda terei um dele aqui em casa. Mas Fóes quer que uma pessoa leve o acervo inteiro se eu quiser levar, pelo menos uns dez. Aí não dá, né? Mas mesmo assim, NÃO QUEIMA!!!!

E mais:

Na Inglaterra, os discos de vinil já voltaram com toda a força desde 2009. Foram lançados os LP's de artistas de origem, como os grupos Radiohead, Oasis e Coldplay e das cantoras Amy Winehouse, Lily Allen e Marina and the Diamonds. Mesmo custando o triplo do preço de um CD, os ingleses adoraram. Dá pra imaginar que seria ótimo ouvir o vinil da Amy Winehouse, já que a qualidade do aúdio das músicas de seu último CD, "Back to Black" (Island Records / Universal Music, 2006), lembram bastante a sonoridade das canções da década de 60, uma das influências da cantora.
No Brasil, os vinis deixaram de existir em 1998. Passados mais de dez anos, "o vinil voltava a virar objeto de desejo entre apreciadores de música e colecionadores - basta dizer que, só nos Estados Unidos, as vendas em 2009 chegaram a 2,5 milhões de unidades." (Jornal O Globo). Em 2010, a gravadora independente Deckdisc já lançou 4 LP's:"Onde Brilham os Olhos Seus", da Fernanda Takai (vocalista da banda Pato Fu em seu trabalho paralelo), "Fome de Tudo", do grupo Nação Zumbi, "Cinema", do grupo Cachorro Grande e "Chiaroscuro", da roqueira Pitty, todas elas fabricadas pela Polysom, a única fabricante de vinil que fica em Belford Roxo, no Rio de Janeiro, que restou em toda a América Latina.

E daí que disco de vinil é coisa de dinossauro? Eu sou um dinossauro!


PROCURA-SE UM COMPRADOR


Acervo de 4 mil vinis da Rádio Difusora está à venda. Mas o proprietário avisa: quem quiser, vai ter que comprar tudo. Se ninguém aparecer, discos serão exterminados

O último andar do edifício Catarinense, no centro de Itajaí esconde, num labirinto de salas, a Rádio Difusora. No corredor entre a técnica e o estúdio, uma porta trancada traz um aviso estampado em letras vermelhas que despertam curiosidade. Elas dizem:"DISCOTECA". Célio Reiser Fóes, um dos proprietários da emissora na cidade, tem a chave que abre a sala, e mostra, com certo remorso, quatro mil vinis divididos em prateleiras, de artistas internacionais e brasileiros, dos mais variados estilos e décadas, de clássicos da world music a sertanejos, de Chico Buarque a Gaúcho da Fronteira. O remorso é justificável:os discos estão em extinção.
Qualquer aficionado por música e vinis perderia horas e horas escolhendo o que quer ouvir, se perdendo entre encartes e fichas técnicas (sou eu!), mas Fóes tem pressa. "Eu preciso dessa sala o quanto antes, queremos usá-la pra outra função na rádio", explica. A proposta dele é simples:cada vinil custa R$5, mas pra mover um bolachão sequer, vai ser preciso levar junto a coleção inteira. O proprietário adianta, não vende discos avulso, só manda descer a compilação se o comprador desembolsar cerca de R$ 20 mil. Caso contrário, o dono cogita incendiar o acervo.
Segundo o proprietário, caso vendesse um a um, certamente diversas preciosidades iriam parar nas mãos de colecionadores rapidamente, mas a grande maioria ficaria esquecida. Fóes já pensou em procurar algum sebo pra negociar o arquivo, mas desistiu da idéia por dificuldades de descer 4 mil vinis 15 andares abaixo. Ele destaca vinis de músicos do quilate como Chico Buarque, Toquinho, Vinicius de Morais, Caetano Veloso, Gal Costa, como seus preferidos.
Todo o arquivo dos vinis foi digitalizado e está armazenado nos computadores da rádio, registrando boa parte da história da rádio e dos sucessos que marcaram épocas.
A maioria dos discos veio entre as décadas de 60 e 80, quando as gravadoras enviavam os trabalhos de seus artistas como cortesia para divulgá-los. Com a queda do mercado fonográfico e a ascensão da internet, o espaço necessário para armazenar os vinis e até os CD's acabou se tornando o empecilho para o crescimento da rádio. O proprietário não tem uma data exata para aguardar um comprador, mas admite, eles não devem durar muito tempo.

Se interessou pelos vinis? Ligue (47) 3348 6208


Revista Cultural Cultuar, referenciando a arte de Itajaí (edição 3 / Itajaí, Santa Catarina, maio de 2011)


Endereço da Rádio Difusora AM 1530:
Rua Manoel Vieira Garção nº. 03
Edifício Catarinense , 15º andar
Centro, Itajaí - Santa Catarina.

Video:A Volta do Vinil (coluna de Nelson Motta no Jornal da Globo)



http://youtu.be/ql8xYNYw3HM

domingo, 19 de junho de 2011

Árvere seca, é nozes!

O jardineiro é Jesus e as "árveres" somos "nozes"


A música é de 2009, mas só descobri a existência dela a partir do dia 19 de junho desse ano (domingo), no programa da Eliana, do SBT. Na época, já virou até matéria da Revista Época.

Em 2006, vazou na internet um video (com montagens cômicas) com a voz de um homem que tinha problema de dicção, tentando articular a frase "o jardineiro é Jesus e as árvores somos nós", e com direito a produtor musical gritando ao fundo para corrigi-lo.
O dono da voz é o empresário José Maria Queiroz (nada a ver com José Maria Eça de Queiroz, um dos mais importantes escritores portugueses), baiano de 47 anos e aspirante a cantor gospel. Os erros foram gravados pelo produtor musical num estúdio e vazados pelo Youtube. O video ultrapassou 3 milhões de acessos e ganhou um prêmio da MTV como melhor hit da internet de 2008.

José Maria, segundo o "Época"

Sem talento pra música e sem nunca ter cantado na vida, José diz que a idéia de gravar a oração foi inspirada por Jesus. Diz o empresário que, desde pequeno, tinha visões religiosas, mas o mais forte foi em 2004, quando tinha se separado da mulher, porque estava na fase de namorador. "E Jesus veio trazer essa luz", disse José. E inclui:“ele me apareceu em um bonito jardim - onde ele é o jardineiro e as árvores somos nós - e me pediu para cantar e escrever músicas com suas mensagens”. José Maria foi então seguir o tal chamado, porém, mesmo com todo esforço, não conseguiu pronunciar a frase "o jardineiro é Jesus e as árvores somos nós", saiu como "o jardineiro é Jesus e as árveres somos nozes" e acabou não gravando-a em música. Ao saber do sucesso dos escorregões no YouTube, José ficou chateado. Recebia inúmeros telefonemas e sobrou até a reprovação dos filhos que acharam que o pai estava fazendo o papel de ridículo. “Mas, de repente, eu disse: 'espera aí'. Se Deus quis dessa maneira, assim será. A profecia havia se cumprido. O ‘mundo’ - ou pelo menos os mais de três milhões de internautas que acessaram o vídeo - estavam repetindo ‘o jardineiro é Jesus e as arveres somos nozes'. Mesmo dando risada, todo mundo conheceu a Jesus”, diz.
Assim que a poeira do sucesso virtual baixou, José Maria diz que Jesus insistia pra que ele continuasse cantando. Ele gravou um Cd e só foi distribuído pra alguns amigos e, em janeiro de 2009, finalmente lança a versão musicada de "Jesus é o Jardineiro" (aleluia!). “Pedi para que Deus abrisse minha voz”, diz José Maria, que recorreu a um novo produtor para gravar a canção inspirada na oração que tentava proferir em seu primeiro CD.
Apesar da ajuda divina, o produtor Renato Scudeler diz que a gravação do terceiro CD foi um trabalho e tanto: “O Zé não tem métrica e muito menos afinação para cantar”. O produtor também atesta a seriedade com que José Maria encara a missão, digamos, de "cantar duas vezes"."Ele não quer ser o novo Tiririca", diz Renato.


José Maria dois anos depois

Esta semana, José apareceu no programa da Eliana, no quadro "Famosos da Internet". O video já passou de mais de 5 milhões de acessos. José bem que tentou fugir do assunto quando Eliana perguntou se ele agora consegue falar a frase corretamente. José, com vergonha, a pedido da apresentadora e do público, falou a frase. Porém, ainda não consegue pronunciar direito a palavra "árvores".


Pra saber mais sobre o Zé Maria, acesse o site abaixo da Revista Época:

José Maria Queiroz, cantor de "Jesus é o Jardineiro".


O video da tentativa



http://www.youtube.com/watch?v=uSaf28eS7d4&feature=fvsr


O sucesso





http://www.youtube.com/watch?v=BeTSIaiUwaE&feature=share


O teaser do seu site oficial

Visite o site :http://www.ojardineiroejesus.com.br/



http://www.youtube.com/watch?v=-4CNidULegE&NR=1


José Maria no programa da Eliana, do SBT (19/06/2011)



http://www.youtube.com/watch?v=FPQ9hW3u9Dk

sexta-feira, 27 de maio de 2011

"Você Não Me Pega" (Rildo Hora e Martinho da Vila )



Há quanto tempo eu não ouvia músicas infantis com criatividade ótima e vigorosa, daquelas com as quais dão pra fazer uma peça musical para todas as idades? Foi assim que pensei quando ouvi "Você Não me Pega", álbum com musicas e produção de Martinho da Vila e Rildo Hora. Eu, por causa deles, já tinha curiosidade de ouvir e só o encontrei esta semana, no site SambadeRaiz.net, que é um ótimo site (pra ouvir, clique aqui). O disco tem participações do próprio Martinho ("Preto Ferreira", em dedicação ao filho que tinha acabado de nascer, inclusive o chorinho dele aparece na música. Preto hoje tem 16 anos), Grupo Fundo de Quintal ("Vou Feriar"), Dona Ivone Lara em dueto com Leci Brandão (com a trabalhadíssima "Menino Perguntador"), MPB-4 ("Anda, Sai Dessa Cama"), a educadora musical Bia Bedram na faixa-título e Mart'nália , antes de ser famosa (em "Menino de Rua", dueto com Rildo Hora). O emocionante mesmo (inclusive a manteiga aqui quase se derreteu) foi "Materno e Paterno Amor", cantada por Ithamara Koorax, que conta a história de um filho de pais separados. Isso tudo sem falar na pintura da capa do CD foi feita por Lusinete Alcântara da Hora, a artista plástica e esposa do Rildo Hora.



Ficha Técnica completa:do site "Cantos e Encantos"
http://www.cantosencantos.com/rildo-hora-martinho-da-vila-voce-nao-me-pega-1995-musical-infantil/


"Você Não Me Pega"
Vários Artistas - Músicas de Martinho da Vila e Rildo Hora
(P) 1995 Comercial Fonográfico RGE, Rádio Gravações Especializadas Ltda.
obs.:este blog só contem amostra de ficha técnica do álbum citado
Pra ouvir o CD, acesse o site:
http://www.sambaderaiz.net/voce-nao-me-pega-martinho-da-vila-e-rildo-hora/

01 – Preto Ferreira (Martinho da Vila ) canta Martinho da Vila
02 – A Gaitinha Entrou na Roda (Rildo Hora) canta Rildo Hora e Paula
03 – Vou Feriar (Rildo Hora – Martinho da Vila) canta Grupo Fundo de Quintal
04 – Menino Perguntador (Rildo Hora – Martinho da Vila) canta Leci Brandão e Dona Ivone Lara
05 – Anda, Sai Dessa Cama (Rildo Hora – Martinho da Vila) canta MPB-4
06 – Tá Com Medo, Chama O Pai (Rildo Hora – Martinho da Vila) canta Elson do Forrogode
07 – Materno E Paterno Amor (Rildo Hora – Martinho da Vila) canta Ithamara Koorax
08 – Você Não Me Pega (Rildo Hora – Martinho da Vila) canta Bia Bedran
09 – Cabriola (Rildo Hora – Martinho da Vila) canta Musical Coeur Sambá
10 – Menina De Rua (Rildo Hora – Martinho da Vila) canta Mart’nália e Rildo Hora


Ficha Técnica:
Direção Artistica: Vasco Borges
Um produto: Comercial Fonográfica RGE
Direção Artística: Vasco Borges
Produzido por: Rildo Hora – Martinho da Vila
Coordenação de Produção: Sombra
Técnico de Gravação: Sergio Rocha, L.G.Dorey e Edu
Assistentes de Gravação: Ivan Carvalho e Mauro Moraes
Controle de Estúdio: Hélio de Freitas
Edição e Montagem: Sergio Seabra
Pinturas e Arte da Capa: artista plastica Lusinete da Hora
Coordenação Gráfica: Vasco Borges
Arte Final: Nicolau Maximiuc Jr.
Texto: Martinho da Vila
Falas: Maira Freitas e Raoni Ventapane nas faixas 01, 03, 04, 06
Choro de criança: Preto Liscano Ferreira – nascido em 09/12/94


Músicos:
Ademir Batera – bateria :faixas 01, 02, 03, 04, 06
Bororó – baixo elétrico: faixas 05, 07, 08, 09, 10
Dirceu Leitte – sax e flauta
Fernando Pereira – bateria: faixas 05, 07, 08, 09, 10
Ivan Machado – 01, 02, 03, 04, 06
Matuzalém; tuba
Ovídio Brito: percussão
Ricardo Rente: sax e flauta
Rildo Hora – Orquestração, Regência e Realejo (gaita)
Tunico Ferreira: percussão
Vanderson – Cavaquinho
Vasco Borges: Violão e Guitarra
Coro: Patrícia da Hora, Analimar, Mart’nália, Cristina Deane, Ana Costa e Dinorá
Coro infantil: Menina do Boulevard



RGE
8016-2
(P) 1995

Carnaval pra agitar este... inverno?



Neve em Pelourinho


Calma, gente, não houve uma mudança radical climática em Salvador! É só mais uma montagem do programa "Comédia MTV" , com os melhores sucessos de "Carnaneve" do grupo de axé Trenó Elétrico, com a participação das divas baianas Siveste e Cláudia Leitte Quente. É Salvador com cara de América do Norte em dezembro, rs rs rs... Carnaval fora de época é isso.

♪♪"Bota o casaco nelaaaa"♪♪ (paródia de "Dança da Manivela")





http://www.youtube.com/watch?v=CIN_1EAGzSU

quinta-feira, 26 de maio de 2011

Eu me rendo!!

Eu gostei de A Banda Mais Bonita da Cidade

Cena do clipe "Oração":Musica bonitinha pra salvar seu coração, te animar e cantar junto


De umas semanas pra cá, ouvi falar em um grupo de folk-rock com nome bem estranho: A Banda Mais Bonita da Cidade, grupo de Curitiba, Paraná (isso mesmo, aqui do sul!), formado por Uyara Torrente (voz), Vinícius Nisi (violão, teclado e piano infantil), Rodrigo Lemos (ukulele e guitarra), Diego Placa (violão e baixo) e Luís Bourscheidt (percussão e bateria), com idades que variam entre 24 e 28 anos, que, com exceção da única garota da banda, são formados em música ou produção musical na Universidade Federal do Paraná (UFPR). Por enquanto ainda sem gravadora (dizem que agora A Banda Mais Bonita da Cidade é sondado por grandes gravadoras) , o grupo também poderia ser a mais bonita do país pelas músicas bonitinhas e de boa qualidade. Uma delas, a música "Oração", que virou febre na internet, tanto que o clipe já virou o mais parodiado da internet. O clipe tem duração de mais de 6 minutos filmado em plano-sequência, ou seja, sem cortes, e que foi gravado sete vezes, depois de vários ensaios, na casa de uma amiga dos integrantes da banda, a que aparece no video com o bandolim. É pra cantar e pular junto!


Mais informações sobre A Banda Mais Bonita da Cidade, acesse:

http://www.myspace.com/abandamaisbonitadacidade

http://www.facebook.com/abandamaisbonitadacidade?sk=info



Uyara Torrente, vocalista do grupo. Tão graciosa como a Mallu Magalhães, não é?


"Oração"

Escrita por Leo Fressato
Interpretada por A Banda Mais Bonita da Cidade
(P)2011 independente

Meu amor essa é a última oração
Pra salvar seu coração
Coração não é tão simples quanto pensa
Nele cabe o que não cabe na despensa

Cabe o meu amor!
Cabem três vidas inteiras
Cabe uma penteadeira
Cabe nós dois
Cabe até o meu amor

Essa é a última oração pra salvar seu coração
Coração não é tão simples quanto pensa
Nele cabe o que não cabe na despensa
Cabe o meu amor!

Cabem três vidas inteiras
Cabe uma penteadeira
Cabe essa oração



http://www.youtube.com/watch?v=QW0i1U4u0KE


"Canção Pra Não Voltar"
Escrita por Leo Fressato
Interpretada por A Banda Mais Bonita da Cidade
(P)2011 independente


Não volte pra casa meu amor que aqui é triste
Não volte pro mundo onde você não existe
Não volte mais
Não olhe pra trás
Mas não se esqueça de mim não
Não me lembre que o sol nasce no leste e no oeste morre depois
O que acontece é triste demais
Pra quem não sabe viver pra quem não sabe amar

Não volte pra casa meu amor que a casa é triste
Desde que você partiu aqui nada existe
Então não adianta voltar
Acabou o seu tempo acabou o seu mar acabou seu dia
Acabou, acabou

Não volte pra casa meu amor que aqui é triste
Vá voar com o vento que só lá você existe
Não esqueça que não sei mais nada
Nada de você
Não me espere porque eu não volto logo
Não nade porque eu me afogo
Não voe porque eu caio do ar
Não sei flutuar nas nuvens como você
Você não vai entender
Que eu não sei voar
Eu não sei mais nada

Dó com baixo em dó
Sol com baixo em si
Lá com baixo em lá
Lá com baixo em sol
Fá com baixo em fá
Fá com baixo em fá sustenido
Sol com baixo em sol
Sol com lá bemol
Dó maior com dó
Sol maior com si
Lá menor com lá
Lá menor com sol
Fá com baixo em fá
Fá com baixo em fá sustenido
Sol com baixo em sol
Sol com lá bemol



http://www.youtube.com/watch?v=kTS64qgHuIo&NR=1

Festa de Lançamento do "Clube do Samba" (Fantástico, 1979)

"Meninos da Mangueira" - Ataulpho Jr. e Diogo Nogueira no programa "Samba da Gamboa" na TV Brasil