Portela

Portela
Vamos comemorar que a campeã voltou! Portela!!! #PortelaCampeã
"O que é de verdade ninguém mais hoje liga: isso é coisa da antiga" - Ney Lopes e Wilson Moreira

Olá!!!Seja bem-vindo!!

Elsa (Frozen) ♥

sexta-feira, 28 de fevereiro de 2014

Magnatas do Samba e convidados abrilhantaram os domingos de fevereiro em BH


Propaganda do projeto Samba do Santo Antônio com Magnatas do Samba

Os domingos de fevereiro no Samba do Santo Antônio em Belo Horizonte (MG) foram só folia. Este mês o grupo Magnatas do Samba fez uma temporada de shows dominicais que encerrou no dia 23 na casa de samba da Zona Sul da capital mineira. A cada domingo, tendo como a banda mineira a base do projeto, houve um convidado especial: a cantora Dorina, com o lançamento do seu CD "Sambas de Luiz" no dia 2, Marquinhos Diniz e Rildo Hora no dia 9, bateria da escola de samba mineira Cidade Jardim no dia 16 e, para finalizar com chave de ouro, o mestre Monarco da Velha Guarda da Portela. Alguns vídeos dos shows já estão disponíveis no YouTube. Assistam e sintam-se lá.


Abrindo a sessão de shows do Magnatas do Samba, a carioca Dorina cantando "Zé Tambozeiro", de Candeia e Vadinho.



http://youtu.be/tkZcI1sDXvk


Ainda no dia 2, a apresentadora do programa "Dorina Ponto Samba" da Rádio Nacional do Rio cantou "O Meu Lugar" de Arlindo Cruz e Mauro Diniz.



http://youtu.be/BP0mzvgbjJY


Domingo seguinte, dia 9. O maravilhoso Rildo Hora, dando um show como sempre.



http://youtu.be/bX_ztXjG8Bc


Com sua gaitinha inseparável, Rildo, bem acompanhado do Magnatas do Samba, de quem ele também é produtor, executa "Ex-amor" de Martinho da Vila e "As Rosas Não Falam" de Cartola.



http://youtu.be/Cv7FcIERvSE


Momento "junto e misturado": Magnatas, Rildo Hora e o também convidado do dia Marquinhos Diniz cantam "Lama nas Ruas, de Almir Guineto e Zeca Pagodinho. O momento mais encantador do show.



http://youtu.be/R9qB3Th0k7U

quarta-feira, 26 de fevereiro de 2014

Lágrimas no Telefone



Sabe aquela música que fala de um homem sofrido que, ao telefonar para a sua amada de alguns anos que não quer mais nada com o ex, é atendido pela filha dela e que só no final da música se descobre que o tristonho é o pai da menina? Estou falando da canção do gênero brega "Le Téléphone Pleure" do cantor, compositor e dançarino francês Claude François (Claude Antoine Marie François , 1 de Fevereiro de 1939 - Paris, França, 11 de Março de 1978), este que, em parceria com Jacques Revaux e Gilles Thibaut, havia composto "Comme d'habitude" que foi reescrita em inglês por Paul Anka  sob o título "My Way", que se tornou um sucesso mundial nas interpretações de Elvis Presley e Frank Sinatra.

O cantor francês Claude François com a garotinha Frédérique Barkoff. (Foto encontrada no Google Imagens)


"Le Téléphone Pleure" é um sucesso do ano de 1974 feito pelo Claude, Frank Thomas e Jean-Pierre Bourtayre e, na gravação, tem a participação da menina Frédérique Barkoff no diálogo. No ano seguinte, Claude François regravou a música em espanhol como "Llora El Teléfono" ao lançar seu compacto simples na Espanha e em inglês como "Tears On The Telephone" (com Kathy Barnet no lugar da Frédérique) para o Reino Unido.
Em pouco tempo, a balada brega francesa ganhou o mundo. A versão em espanhol foi regravada pelo peruano Jose Carlos. Em 1975, o italiano Domenico Modugno fez a versão intitulada "Piange...Il Telefono" e a gravou em dueto com a atriz-mirim Francesca Guadagno. A canção fez parte da trilha sonora do filme homônimo estrelado por ambos os intérpretes. Domenico também gravou a música em espanhol.
Nem o Brasil ficou fora dessa. O cantor Márcio José interpretou "O Telefone Chora" adaptado para o português pelo compositor Murano sob arranjo de Ted Moreno. Seu compacto simples com a música foi lançado em 1975 pela RCA Victor (hoje Sony Music).

Hoje em dia a canção não seria só para os telefones, mas também para celulares e smartphones chorarem com ela.

Atualizado no dia 27/02/2014: informação adicional que consegui de um amigo meu do Facebook. A "menina" da gravação do Márcio José é a atriz e dubladora Aliomar de Matos que deu a voz a Sally Field no papel da Irmã Bertrille na série "A Noviça Voadora", sucesso na década de 1960. Aliomar também dublou inúmeras personagens, entre elas, a Betty Rubble no desenho animado"Os Flintstones".

VIDEO: Claude François  (com Frédérique Barkoff) - "Le Téléphone Pleure" (versão original)
(clique no link abaixo, pois a incorporação do video foi desativada pelo dono)

http://youtu.be/mJTn9ASKoIo


Claude François - "Llora El Teléfono" (em espanhol)



http://www.youtube.com/watch?v=jD6S0tnHcl0


Claude François - "Tears On The Telephone" (em inglês)



http://www.youtube.com/watch?v=lCPtfu22agg


Domenico Modugno (com Francesca Guadagno) - "Piange...Il Telefono" (em italiano)



http://www.youtube.com/watch?v=aIu8JUz2N44

Domenico Modugno  - "Llora El Teléfono" (em espanhol)



http://www.youtube.com/watch?v=j2pp4TqJ9AQ


Márcio José - "O Telefone Chora" (em português-brasileiro)



http://www.youtube.com/watch?v=ZzBsjoCNHQw








sexta-feira, 7 de fevereiro de 2014

Ouça "O Mar e a Sereia" de Leo Russo.


 Foto: fanpage Leo Russo (Facebook)


" 'O Mar e a Sereia' é uma música bastante romântica e a letra é baseada na praia. Eu sou o mar e a mulher é a sereia fazendo carinho em mim. 'E cada beijo nosso um grão de areia'. Imagine quantos beijos! Eu tenho a honra de ter a música com o Rildo Hora, uma honra do tamanho [altura] dele [risos] que fez um arranjo maravilhoso e fechou o disco com a gaitinha dele, com a assinatura dele", disse o cantor e compositor Leo Russo no vídeo em que ele fala de todas as faixas do seu primeiro álbum sobre "O Mar e a Sereia", música da autoria dele (letra) e de Rildo Hora (melodia) que esta semana foi disponibilizada no YouTube. A música que fecha o CD cativa de imediato com a letra bem poética, bela melodia e arranjo suave e sedutor.  A obra é mesmo um canto de sereia!

"O Mar e a Sereia"
Letra de Leo Russo / Música de Rildo Hora
Intérprete: Leo Russo.
(P) 2013 Independente

Rildo Hora: arranjo e realejo (gaita)
 Misael da Hora: piano
Jamil Joanes: baixo
Zé Carlos: violão, violão de aço
Wanderson Martins: cavac
Márcio Vanderlei: banjo
Dirceu Leite: flauta, sax soprano e sax tenor
Thá Thá Thá: surdo
Belôba: tantã
Álvaro Santos: tamborim
Rafael Chaves: pandeiro
Marcos Esguleba: atabaque
Marcos Esgulega, Rafael Chaves e Álvaro Santos: caixas
Jorge Gomes: bateria
Patrícia Hora, Ari Bispo, Thânia Machado, Jurema de Cândia e Marcello Furtado: coro



http://www.youtube.com/watch?v=xgM9lZKjths

Festa de Lançamento do "Clube do Samba" (Fantástico, 1979)

"Meninos da Mangueira" - Ataulpho Jr. e Diogo Nogueira no programa "Samba da Gamboa" na TV Brasil