Portela

Portela
Vamos comemorar que a campeã voltou! Portela!!! #PortelaCampeã
"O que é de verdade ninguém mais hoje liga: isso é coisa da antiga" - Ney Lopes e Wilson Moreira

Olá!!!Seja bem-vindo!!

Elsa (Frozen) ♥

domingo, 28 de fevereiro de 2010

Parabéns, Rio de Janeiro!!



Fotos: Copacabana Holiday

Nesta segunda-feira, dia 1º de março, é feriado na Cidade Maravilhosa: Rio de Janeiro, meu sonho de consumo, fará 445 anos de emancipação.
Parabéns, Rio!Parabéns aos meus amigos cariocas da gema!



http://www.youtube.com/watch?v=9DtSKbQcOT0

sábado, 27 de fevereiro de 2010

Rildo Hora canta "Meninos da Mangueira"

Eu não paro de ver esse video :Rildo Hora num programa de tevê cantando "Meninos da Mangueira" da autoria dele e de Sérgio Cabral Pai que foi sucesso na voz de Ataulpho Jr (até o apresentador cantou junto). Pra vocês, fãs de samba de qualidade que se acostumam a ouvir falar nele por ser produtor e tocador de harmônica, já o viram cantar? Não é minha frescura, rasgação de seda ou coisa parecida por eu ser fã dele, mas, olha,gente, ele tem talento até pra cantor mesmo, coisa que não se vê publicamente, imagino, desde 1971 (menos, Jê, menos!...) com o LP "A Vez e A Hora de Rildo Hora". E pra quebrar esse jejum de curiosidade de Rildo Hora como cantor, vai esse video aí. Curtem!




http://www.youtube.com/watch?v=KPWaNg4FjfM

domingo, 21 de fevereiro de 2010

Martinho da Vila é dez em samba-enredo de 2010!

Pode comemorar, professor!
Foto:Uol Carnaval 2010


Em 1977, quando Martinho da Vila (Martinho José Ferreira,Duas Barras, Rio de Janeiro,12 de fevereiro de 1938) ainda esteve no auge de sua carreira, a rainha do rock Rita Lee lançava a música "Arrombou a Festa" em que ela dizia:"Martinho vem da Vila, lá do fundo do quintal / Tornando diferente aquela coisa sempre igual". Quase 33 anos depois não foi diferente. O respeitadíssimo cantor e compositor fez o samba-enredo para a escola de samba Vila Isabel da maneira mais criativa que homenageia os 100 anos do poeta do samba Noel Rosa (Noel de Medeiros Rosa, Rio de Janeiro, 11 de dezembro de 1910 — Rio de Janeiro, 4 de maio de 1937). Foi a quebra da mesmice e da pobreza melódica na Sapucaí e coisa que não se vê,eu imagino, desde 1988 com o enredo "Kizomba, Festa da Raça" ( de Rodolfo, Jonas e Luiz Carlos da Vila), o que fez a Vila Isabel ser a campeã do carnaval daquele ano que completava 100 anos de abolição da escravatura.
O resultado na apuração do carnaval 2010 do Rio no quesito samba-enredo, a Vila Isabel só tirou 10 (clique aqui) , apesar de que a escola, no resultado geral, ficou em 4º lugar. Esse é que é o Martinho da Vila Isabel:tornando criativo os sambas-enredos de hoje sempre iguais.

Ler a notícia do Jornal Hora do Povo (recomendado por Evaldo Chaves):"Homenagem da Vila a Noel salva carnaval empobrecido"
http://www.horadopovo.com.br/ModelosNovaEdicao/P5/pag5a.htm

quinta-feira, 18 de fevereiro de 2010

Samba de uma palavra só

Neguinho da Beija-Flor rodeado de dez "mulhé"



Luís Antônio Feliciano Marcondes, ou melhor, Neguinho da Beija-Flor (Nova Iguaçu, 29 de junho de 1949), em parceria com Murilo Rayol, fez esse samba de (praticamente) uma palavra só há muitos anos e só agorinha que ele gravou. É...





http://www.youtube.com/watch?v=wCOgTFM6pMU

segunda-feira, 15 de fevereiro de 2010

Portela 2010: Boa Sorte!!

Foto:Portela Web


'Derrubando fronteiras, conquistando liberdade...Rio de paz em estado de graça!'
Portela (2010)
Compositores do Samba-Enredo: Ciraninho; Rafael dos Santos; Diogo Nogueira; Naldo; Júnior Escafura


Portela segue os passos da evolução... Liberdade!
Num clique deleta barreiras
Deleta fronteiras da realidade
Desperta o bem social
Acessa o amor digital
Faz da criança um cidadão
Positivo pra nação
Na rede nossas vidas vão se transformar
Do ventre mais um ser nascerá
O dia de graça que o “mestre” cantou
Já raiou!

O meu pavilhão é minha paixão!
A luz da ciência é ela...
É samba, é jaqueira que não vai tombar
Sou Portela!

Mãos unidas pela inclusão
Povos, raças em comunhão
Vai meu verso ao mundo ensinar
É preciso navegar!
Brilhou no céu mais um sinal
Cruzando o espaço sideral
Portela... Portal cultural de um país
Um “link” com a nossa raiz
Rainha da passarela
Revela um Rio de paz pra viver
A senha de um amanhecer
Mais feliz

Minha águia guerreira
Vai voar... Viajar!
Pousar no sonho de ganhar o carnaval
E conquistar o mundo virtual!



(P) 2009 Universal Music (Brasil)

domingo, 14 de fevereiro de 2010

É carnaval, é hora de sambar



Foto: Site O Globo

Depois eu Volto
( J. Luna/Batatinha)
Intérprete:Batatinha


É carnaval
É hora de sambar
Peço licença ao sofrimento
Depois eu volto pro meu lugar

É carnaval
É hora de sambar
Peço licença ao sofrimento
Depois eu volto pro meu lugar

Dona tristeza, dê passagem à alegria
Nem que seja por um dia
Pois respeito sua posição
Mas hoje eu reclamo com toda razão
Mas hoje eu reclamo com toda razão




http://www.youtube.com/watch?v=62ubSxzbFXE

segunda-feira, 1 de fevereiro de 2010

Letra de Axé Music

Foto encontrada na internet

Letra de axé music

Será que Claudia Leitte e Ivete Sangalo se habilitariam em gravá-la?? Quem sabe Acarajette Lovve... =) Eu devia ter intitulado de "Falsas Esperanças" (nada a ver com a música em espanhol da Christina Aguilera!)


Você abusou de mim
Você foi longe demais
Com o tempo eu descobri
Que eu não te quero mais
Não me venha com essa história
De que serei sempre sua princesa
Nunca acreditei em suas promessas
De que me levará à grandeza
Sei da vida que você leva
Essa vida não me leva a nada
Por isso, não me leve com você
Pois já vou seguir outra estrada

E não me venha, amor, com essas falsas esperanças
Pois esse meu destino é de boa confiança
Não me venha, amor, com essas falsas esperanças
Pois esse destino me dá mais segurança

Mainha, tão cega, acha que eu
Terei o maior futuro com você
Mas assim que esse futuro incerto chegar,
Ela verá que estarei no miserê
Pra que, mainha, prosseguir
Na fantasia malsucedida
Me alertando que serie feliz
Levando essa duvidosa vida
(Não vem!)

E não me venha, mãe, com essas falsas esperanças
Pois o meu novo destino me dá mais segurança
Não me venha, mãe, com essas falsas esperanças,
Estar no mesmo lugar, isso só me cansa

Não me venha com esse papo, amor
Não me faça de otária
De você nunca precisei
Não tô nem aí se serei solitária
É melhor ficar sozinha
Do que mal acompanhada
Ser o que você quer
Nunca fui obrigada
Eu nunca acreditei
em seus contos de fadas
Essas promessas que você faz
Não me leva a nada, não!

Durante o dia, trabalhar
Fim de semana, passear
Da cabeça vou te apagar
E de você vou me livrar

Não me venha, amor, com essas falsas esperanças
Esse trono de princesa nunca vai existir
Não me venha, amor, com essas falsas esperanças
De você e desse amor eu vou desistir
Não me venha, amor, com essas falsas esperanças
Não acredito em nada do que diz
Não me venha, amor, com essas falsas esperanças
Longe de você serei mais feliz

Jeane Martins
Publicado no Recanto das Letras em 01/02/2010
Código do texto: T2063415

http://recantodasletras.uol.com.br/letras/2063415

Festa de Lançamento do "Clube do Samba" (Fantástico, 1979)

"Meninos da Mangueira" - Ataulpho Jr. e Diogo Nogueira no programa "Samba da Gamboa" na TV Brasil