Portela

Portela
Vamos comemorar que a campeã voltou! Portela!!! #PortelaCampeã
"O que é de verdade ninguém mais hoje liga: isso é coisa da antiga" - Ney Lopes e Wilson Moreira

Olá!!!Seja bem-vindo!!

Elsa (Frozen) ♥

sexta-feira, 30 de setembro de 2011

A Flor Morena Aline Calixto



Hoje em dia, pouquíssimas cantoras talentosíssimas de samba têm sorte de serem contratadas em grandes gravadoras. E  Aline Calixto (Rio de Janeiro, 29 de dezembro de 1980) é uma dessas poucas e merece, porque tem muito talento de sobra, tem uma linda voz e uma ótima aposta para o primeiro time da MPB. "Aline é uma grande cantora. Faz o samba com cadência!", exalta Monarco , da Velha Guarda da Portela. E o pontapé inicial para o sucesso está na lindíssima "Flor Morena" que, além de fazer parte da trilha de novela, é assinada por dois grandes bambas de peso, Zeca Pagodinho e Arlindo Cruz (com a adesão de Jr. Dom). A faixa que dá nome ao disco é arranjada por Gilson Peranzzetta (Gilson José de Azeredo Peranzzetta, Rio de Janeiro, 21 de abril de 1946). É um samba  agradabilíssimo, com arranjo no estilo rildohoriano o qual não paro de ouvir e postar nas minhas contas de redes sociais. "Flor Morena" é delicadinha, faz um bem aos ouvidos... Ouçam.



Flor Morena
escrita por Zeca Pagodinho, Arlindo Cruz e  Jr. Dom
Intérprete: Aline Calixto

Flor morena que manda no meu coração
Flor morena, me tira dessa solidão
Flor morena que mora no meu jardim
Flor morena, vê se tem pena de mim (bis)

Mais um dia sem te ver sorrir
Vai me fazer enlouquecer
Porque já não sei pra onde ir
Se eu não for com você

Flor morena não é rosa, não
Açucena ou margarida
Com certeza e a mais formosa flor
Que brotou em minha vida

Flor morena que manda no meu coração
Flor morena, me tira dessa solidão
Flor morena que mora no meu jardim
Flor morena, vê se tem pena de mim (bis)

E na espera até ficar de bem
Despetalar minha paixão
Primavera vi murchar também
Nem sequer um botão

Flor morena não é flor de lis
É perfeita, sem espinhos
Feita pra enfeitar, deixar feliz
Minha estrada, meu caminho

Flor morena que manda no meu coração
Flor morena, me tira dessa solidão
Flor morena que mora no meu jardim
Flor morena, vê se tem pena de mim (bis)

(P) 2011 Warner Music Brasil



sábado, 24 de setembro de 2011

Muito Boa!!!


Me divirto muito coma letra da música "É Preciso Muito Amor", de Noca da Portela e Tião de Miracema. Às vezes a mulher da letra me lembra muito a personagem Veruca Salt, a mais enjoadinha do filme "A Fantástica Fábrica de Chocolate". O video é do DVD "Samba Social Clube" (EMI Music, 2008) e a música é cantada pelo Zeca Pagodinho. Destaque também para a Patrícia _ linda _ Hora  como uma das integrantes do coro.

"É Preciso Muito Amor"
Escrita por Noca da Portela e Tião de Miracema
Intérprete: Zeca Pagodinho (gentilmente cedido pela Universal Music)


segunda-feira, 19 de setembro de 2011

Emocionate!!!!


Rildo Hora tocando "Autonomia" do mestre Cartola junto com o pessoal da OSRJ (Orquestra de Solistas do Rio de Janeiro ) no ensaio do show "Tributo a Cartola" em 2008 é muuuito lindo! Preciso dizer mais?




http://www.youtube.com/watch?v=1URI1ljUhfc

domingo, 18 de setembro de 2011

Gravação inédita de Amy Winehouse




Essa eu nunca mais parei de ouvir!

Amy cantando "Body and Soul" com Mr. Bennett: absurdamente lindo. alma pura. só coração. Amy deve estar bem lá com a Billie [Holiday], Ella [Fitzgerald], Nina [Simone]...
Ana Cañas, cantora MPBista, no Twitter.

Um presente à todos nós de bom gosto. Um momento mágico da música. Tony Bennett em gravar com Amy Winehouse para seu novo álbum de duetos
Luis Nassif, do blog "Luis Nassif Online")


No dia em que faria 28 anos se estivesse viva (14/09), foi divulgado o video da gravação inédita da cantora Amy Winehouse em dueto com o jazzsinger Tony Bennett (Anthony Dominick Benedetto, Queens, Nova Iorque, 3 de agosto de 1926) para o CD comemorativo dos 85 anos do cantor, "Duets II" (Sony Music Entertainment, 2011) ": é o clássico de 1930 "Body and Soul" que já foi gravado por Ella Fitzgerald, Annette Hanshaw, Billie Holiday,Frank Sinatra, Diana Krall e Caetano Veloso. E quanto à performance encantadora da Amy Winehouse nessa música, lembra bastante a da também problemática Billie Holiday, morta em julho de 1959 aos 44 anos por overdose de drogas.

"Duets II" reúne clássicos, agora interpretados em duetos com Amy , Michael Bublé, Aretha Franklyn, Norah Jones, Mariah Carey, Andrea Bocelli, Alejandro Sanz e até Lady Gaga, esta na música "The Lady is The Tramp", clássico imortalizado nas vozes de Frank Sinatra e Ella Fitzgerald na década de 1950. 






Capa do single "Body and Soul"




http://www.youtube.com/embed/_OFMkCeP6ok



Body And Soul
Música de Johnny Green
Letra de Edward Heyman, Robert Sour e Frank Eyton
Intérpretes:Tony Bennett e Amy Winehouse*

My heart is sad and lonely
For you I sigh, for you dear only
Why haven't you seen it?
I'm all for you body and soul

I spend my days in longing
And wondering why
It's me you're wronging
I tell you I mean it
I'm all for you body and soul

I can't believe it
It's hard to conceive it
That you'd turn away romance

Are you pretending?
It looks like the ending
Unless I could have one more chance to prove
Dear

My life's a wreck you're making
You know that I'm yours for just the taking
I'd gladly surrender my soul to you body and soul


(P) 2011 Sony Music Entertainment, Inc.
(*Amy Winehouse, gentilmente cedida pela Island Records (UK)/ Universal Music Group )


sábado, 17 de setembro de 2011

Enchente - setembro de 2011


Parte de trás da minha casa




 Meu quarto, com piso coberto de barro (acima) e depois de limpo (abaixo)


As cômodas do meu quarto, cobertas de barro.



Quase três anos depois, nós, catarinenses sofremos outra enchente. Na quinta-feira, a coisa agravou em Rio do Sul, Blumenau e Brusque devido às fortes chuvas ocorridas desde terça-feira (6/09/2011) e aqui em Itajaí, foi a última cidade a pegar enchente, à noite, inicialmente, em alguns bairros. Aqui em casa, comparando com a enchente de 2008, foi razoável: pegou 50 centímetros (na última vez, foi pouco mais de 1 metro) e eu e minha família nos alojamos na parte de cima da área de serviço. E quanto à nossa alimentação, apesar de que meu pai teria levado o fogareiro ao local do alojamento, não dava prazer nenhum de cozinhar, nem de fazer um almoço normal, só ferver água pra fazer café, afinal, com essa tragédia toda, além de a comida estar na geladeira que ficou em cima da mesa da cozinha e, mesmo que tivéssemos astral pra cozinhar, não tínhamos como conservar a comida. Já alertados da tragédia, compramos dois pacotes de pão de forma, leite, cereal matinal, pipoca de pacotinhos e biscoitos. Meu irmão comprou mais coisas, como, cuca de queijo,pacotes de amendoim Opa! da Elma Chips (esse viciou tanto que agora tô com a cara cheia de espinhas, kkkk. Também, quem resistiria aquela casca que lembra a versão mais saborosa de rosca de povilho?...), bisnaguinhas, chocolate meio amargo... nossas refeições eram praticamente à base de porcarias alimentares,rs rs rs. Uma emissora local dava ao vivo tanto pela TV quanto pela rádio, a cobertura 24 horas por dia de tragédia (haja resistência para os apresentadores). Na noite de sexta-feira, às 22:00, a energia elétrica teve de ser desligada, então, quem tinha rádio de pilha ou celular, acompanhava as notícias dessa emissora. A luz elétrica só voltou na manhã de domingo, às 7:00, quando a poeira, ou melhor, a água baixou. Passamos o domingo inteiro tirando toda a lama de dentro de casa. O que me animou nesse domingo lamacento foi eu ter falado com a minha amiga Maria Luiza lá do Rio de Janeiro, esposa do cantor Ataulpho Jr., pelo telefone. Até hoje agradeço-a pela atenção e pelo carinho.


Festa de Lançamento do "Clube do Samba" (Fantástico, 1979)

"Meninos da Mangueira" - Ataulpho Jr. e Diogo Nogueira no programa "Samba da Gamboa" na TV Brasil